Vinte e três países da UE concordam em criar uma união militar
Acreaovivo.com
Tempestades
22°MIN 26°MAX
Rio Branco, AC

Segunda-Feira, 13 de Novembro de 2017 às 16:14

COMUNICAR ERRO

Vinte e três países da UE concordam em criar uma união militar

Vinte e três dos 28 países membros da União Européia (UE) concordaram hoje (13) em expandir significativamente sua cooperação militar. Os ministros das Relações Exteriores e da Defesa do bloco assinaram um documento em Bruxelas que deveria lançar as bases para uma futura união de defesa europeia. A informação é da agência alemã DPA.

Segundo os líderes, a decisão de criar uma união de defesa europeia visa tornar a UE menos dependente dos Estados Unidos e fortalecer a cooperação entre parceiros europeus em projetos militares.

"É importante para nós assumir uma posição independente, [principalmente] após a eleição do presidente dos EUA (Donald Trump). Assim, se houver uma crise no nosso bairro, devemos ser capazes de agir", disse a ministra da Defesa alemã, Ursula van der Leyen.

O ministro alemão dos Negócios Estrangeiros, Sigmar Gabriel, falou da união  como um "marco no desenvolvimento europeu". A cooperação projetada é "um grande passo em direção à independência e ao fortalecimento da política de segurança e defesa da UE", ressaltou.

Projetos militares conjuntos

Com a assinatura do documento, os 23 países europeus também se comprometeram a respeitar 20 condições específicas para a sua participação na futura união de defesa, incluindo um aumento periódico das despesas militares, a participação em projetos militares conjuntos e o contributo dos soldados para a forças de reação rápida da UE.

Esses últimos grupos foram criados em 2007,  com o nome de Combat Groups (Grupos de Combte), mas até agora eles nunca entraram em ação.

Entre os países que não participarão do novo projeto de cooperação militar estão o Reino Unido e a Dinamarca. O Reino Unido porque pretende deixar a UE em 2019 e a Dinamarca não participa na política europeia comum de segurança e defesa. Os restantes três parceiros da UE que não assinaram - Irlanda, Malta e Portugal - ainda não decidiram se participarão ou não da união militar.

Oficialmente, o novo projeto, chamado "cooperação permanente estruturada", está programado para começar em dezembro. Provavelmente, os primeiros projetos concretos a serem executados referem-se à criação de um comando sanitário europeu e centros de conexão logística para o transporte de tropas e equipamentos.

Tag's: União Europeia, Cooperação militar, Expansão

Fonte: Agência Brasil


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

PUBLICIDADE
FEIJO 16/01/2018 08:28

Indígena é morta com facada na região do pescoço em Feijó

Capital 16/01/2018 08:10

Sine disponibiliza 12 vagas para Rio Branco nesta terça-feira, 16

Geral 16/01/2018 08:06

NOVELAS - Veja o que vai acontecer nesta terça-feira

Educação 15/01/2018 16:32

Ufac sedia Encontro Nacional de Ensino de Química

Educação 15/01/2018 16:05

Inscrições para o ProUni começam dia 6 de fevereiro

CRUZEIRO DO SUL 15/01/2018 16:02

Eletrobrás anuncia que energia está 100% restabelecida em Cruzeiro do Sul e municípios vizinhos

ACRELANDIA 15/01/2018 14:46

Réu preso em flagrante com 250 kg de pólvora é condenado a mais de quatro anos de reclusão

Polícia 15/01/2018 14:39

Governo anuncia troca de comando da Polícia Militar do Acre

Política 15/01/2018 14:33

Governo recorre ao Supremo contra decisão sobre privatização da Eletrobras

CRUZEIRO DO SUL 15/01/2018 10:34

Homem é encontrado morto com terçadada na cabeça no Ramal 2

CRUZEIRO DO SUL 15/01/2018 10:29

Corpo é enterrado por engano em Cruzeiro do Sul e família busca autorização para desenterrar

Polícia 15/01/2018 10:12

Duas mortes são registradas na madrugada desta segunda, na capital

Capital 15/01/2018 09:53

Justiça Volante de Rio Branco realizou cerca de 1500 atendimentos em 2017

Internacional 15/01/2018 09:50

OVNI misterioso é visto pairando sobre o México e o Texas

Internacional 15/01/2018 09:04

Papa deixa Itália e inicia viagem a Chile e Peru

Acre 15/01/2018 09:00

LUTO – Morre Pedro Augusto da Silva, pai de Marina Silva, aos 90 anos

Capital 15/01/2018 08:31

Nível do rio Acre baixa e se distancia da cota de alerta na capital

Economia 15/01/2018 08:29

'Prévia' do PIB do Banco Central registra crescimento de 0,49%

Polícia 15/01/2018 08:27

Incêndio atinge prédio histórico na Gameleira em Rio Branco

Brasil 15/01/2018 08:24

Lavagem de dinheiro no Brasil pode ter originado R$ 44 bi em 11 anos