Tarifa pode subir até 3% com venda da Eletrobrás
Acreaovivo.com
Tempestades
22°MIN 26°MAX
Rio Branco, AC

Sexta-Feira, 10 de Novembro de 2017 às 12:41

COMUNICAR ERRO

Tarifa pode subir até 3% com venda da Eletrobrás

O processo de privatização da Eletrobrás terá impacto entre 2,42% e 3,34% nas tarifas do energia pagas pelo consumidor, aponta um estudo da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). A análise foi realizada a pedido do Ministério de Minas e Energia (MME), com base em algumas das premissas que o governo vai adotar na reforma do setor elétrico.

Esse impacto considera que toda a energia produzida por 14 hidrelétricas da companhia - hoje remunerada pelo custo - passará a ser vendida a R$ 250 por megawatt-hora (MWh), um modelo que tem sido chamado de "descotização". Essas usinas têm garantia de cerca de 8 mil MW.

O Ministério de Minas e Energia quer que essa transição ocorra em três anos. Um terço da energia seria descotizada em 2019, um terço em 2020 e um terço em 2021. Nos cenários analisados pela Aneel, há estimativas que consideram que a energia seria comercializada a R$ 150 e a R$ 200 por MWh, em que o impacto tarifário seria menor.

O Estadão/Broadcast apurou, no entanto, que o efeito tarifário pode ser ainda menor, pois o estudo levou em consideração o risco hidrológico médio do setor, e não o atual, que está em um nível muito elevado. Risco hidrológico é o aumento do custo de geração de energia por causa de períodos de seca.

Além disso, a disputa nos leilões de energia poder reduzir ainda mais o impacto ao consumidor.

Em agosto, a Aneel havia estimado um impacto bem mais alto para a descotização da energia das usinas da Eletrobrás, de até 16,7%. Na época, a agência reguladora ainda não havia recebido o detalhamento da proposta do MME e considerava que o processo seria feito de uma só vez, em 2018, e não em três anos, entre 2019 e 2021.

O estudo considera também as mudanças nas tarifas de transmissão, que passarão por revisão tarifária, a privatização das transmissoras da Eletrobrás e o pagamento de indenizações para essas empresas.

Também foi levado em conta no levantamento o repasse de recursos para a Conta de Desenvolvimento Energético (CDE), que vai amortecer os custos tarifários e a redução das transferências do fundo para a distribuidora da Eletrobrás no Amazonas, após a privatização da empresa.

Queda

Considerando só o ano de 2019, a descotização da energia das usinas da Eletrobrás deve reduzir as tarifas de energia pagas pelo consumidor. A estimativa da Aneel é que o efeito fique entre -0,56% e -1,48%.

Outro efeito que a privatização da Eletrobrás pode gerar uma receita anual de até R$ 2 bilhões para os consumidores. A estimativa mais conservadora do Ministério de Minas e Energia prevê que a entrada de recursos seja da ordem de R$ 800 milhões.

A Aneel estima que esses valores podem gerar reduções tarifárias médias de 0,61% a 1,11%. A simulação considera o orçamento aprovado para a Conta de Desenvolvimento Energético (CDE), fundo setorial que paga programas sociais e subsídios do setor elétrico.

Esse fundo é abastecido por meio de uma taxa que onera a conta de luz de todos os consumidores do País. Para este ano, o orçamento aprovado foi de R$ 15,010 bilhões.

Com a injeção extra de R$ 800 milhões, a taxa cobrada dos consumidores seria menor e teria um efeito redutor de 0,61% nas tarifas, em média. Se o valor fosse de R$ 2 bilhões, a queda média seria de 1,11%. 

Tag's: Aumento, Eletrobras, Economia, Privatização, Política

Fonte: Notícias ao minuto


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

PUBLICIDADE
Internacional 16/01/2018 14:52

Papa Francisco é atingido no rosto por jornal em passeio de papamóvel

CRUZEIRO DO SUL 16/01/2018 14:39

Homem é preso com habilitação falsificada em bairro de Cruzeiro do Sul

Economia 16/01/2018 14:31

Aumenta a oferta de emprego na indústria brasileira, diz CNI

Polícia 16/01/2018 14:26

Após atentado, agência deve voltar a funcionar nesta quarta. Polícia continua investigação

FEIJO 16/01/2018 10:59

Policiais civis recuperarem duas motos furtadas em Feijó

Brasil 16/01/2018 10:58

Tremor de terra é registrado no Centro-Oeste de Minas

Polícia 16/01/2018 09:21

Criminosos invadem agência da Caixa Econômica e tentam explodir caixas eletrônicos

MANCIO LIMA 16/01/2018 09:19

Polícia Militar prende homem com arma de fogo em Mâncio Lima

Esportes 16/01/2018 08:58

Ronaldo Fenômeno pode disputar a presidência da CBF

Capital 16/01/2018 08:49

Prefeitura tem equipe reforçada e avança com serviço de tapa buracos

CRUZEIRO DO SUL 16/01/2018 08:47

Prédio está há mais de um ano esperando por inauguração, denuncia líder comunitário

Economia 16/01/2018 08:45

Petrobras bate recorde de produção, com 2,15 milhões de barris por dia

FEIJO 16/01/2018 08:28

Indígena é morta com facada na região do pescoço em Feijó

Capital 16/01/2018 08:10

Sine disponibiliza 12 vagas para Rio Branco nesta terça-feira, 16

Geral 16/01/2018 08:06

NOVELAS - Veja o que vai acontecer nesta terça-feira

Educação 15/01/2018 16:32

Ufac sedia Encontro Nacional de Ensino de Química

Educação 15/01/2018 16:05

Inscrições para o ProUni começam dia 6 de fevereiro

CRUZEIRO DO SUL 15/01/2018 16:02

Eletrobrás anuncia que energia está 100% restabelecida em Cruzeiro do Sul e municípios vizinhos

ACRELANDIA 15/01/2018 14:46

Réu preso em flagrante com 250 kg de pólvora é condenado a mais de quatro anos de reclusão

Polícia 15/01/2018 14:39

Governo anuncia troca de comando da Polícia Militar do Acre