Relatora no STF vota contra venda de cigarros aromatizados
Acreaovivo.com
Tempestades isoladas
23°MIN 28°MAX
Rio Branco, AC

Quinta-Feira, 01 de Fevereiro de 2018 às 14:53

COMUNICAR ERRO

Relatora no STF vota contra venda de cigarros aromatizados

A ministra do Supremo Tribunal Federal (STF) Rosa Weber votou hoje (1º) a favor da validade da suspensão da resolução da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que proibiu a fabricação e venda de cigarros com sabor artificial. A norma foi suspensa em 2013 por meio de uma liminar da ministra, que é relatora do caso.

Em seu voto, a ministra mudou seu entendimento sobre a questão e entendeu que a Anvisa atuou dentro da lei ao limitar a venda dos cigarros com aditivo. Segundo a ministra, os efeitos nocivos do cigarro para a saúde, principalmente entre jovens, justificam o controle estatal da venda pelas agências reguladoras.

"Ao editar a resolução, definindo normas e padrões técnicos sobre limites máximos de alcatrão, nicotina, monóxido de carbono nos cigarros, e restringindo o uso dos denominados aditivos, A Anvisa atuou dentro de suas prorrogativas constitucionais", afirmou.

Ainda faltam os votos dos ministros Edson Fachin, Alexandre de Moraes, Luiz Fux, Dias Toffoli, Ricardo Lewandowski, Gilmar Mendes, Marco Aurélio, Celso de Mello e a presidente, Cármen Lúcia. 

O caso começou a ser julgado em novembro do ano passado pelo plenário, mas somente as partes envolvidas fizeram as sustentações orais. 

Na ação, a Confederação Nacional da Indústria alegou que a norma resultaria na proibição de todos os cigarros produzidos pela indústria, por restringir a utilização de qualquer substância que não seja tabaco ou água. A confederação também disse que a proibição representa o fechamento de fábricas e a demissão de trabalhadores, e que a restrição só poderia ser tomada pelo Congresso. 

A Advocacia-Geral da União (AGU) defende a norma da Anvisa e ressalta que as restrições não proíbem a venda de cigarros, mas o uso de aditivos na comercialização do tabaco. De acordo com a AGU, o aditivo facilita a iniciação do vício em cigarro, e o Estado tem o dever de fazer políticas de saúde pública para proteger a população. Segundo o órgão, as doenças causadas pelo tabaco custam cerca de R$ 59 bilhões aos cofres públicos.

 

Tag's: STF, Norma, Venda, Cigarros, Aromatizantes, Brasil

Fonte: Agência Brasil


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

PUBLICIDADE
Capital 19/02/2018 08:06

Sine disponibiliza dez vagas para Rio Branco nesta segunda-feira, 19

Geral 19/02/2018 08:02

NOVELAS - Veja o que vai acontecer nesta segunda-feira

Capital 17/02/2018 18:30

Prefeitura prepara Parque de Exposições para o caso de transbordamento do Rio Acre

Polícia 17/02/2018 17:43

Homem é preso com motocicleta roubada na capital

CRUZEIRO DO SUL 17/02/2018 13:20

INSS se reúne com pescadores de Cruzeiro do Sul para debater pagamentos de Seguro Defeso

BRASILEIA 17/02/2018 13:01

Prefeitura de Brasiléia presta assistência às famílias que tiveram casas inundadas após forte chuva

Cultura 17/02/2018 08:59

Palácio da Justiça sedia exposição 'Um olhar sobre as artes' de Jendem Thierly

Geral 17/02/2018 07:45

NOVELAS - Veja o que vai acontecer neste sábado

XAPURI 16/02/2018 16:13

Três pessoas são detidas com drogas dentro de ônibus interestadual

SENA MADUREIRA 16/02/2018 16:07

Em Sena Madureira, nível do rio Iaco se aproxima da cota de alerta

Economia 16/02/2018 16:05

Economia gerada por horário de verão não é relevante, diz economista

Política 16/02/2018 15:43

Angelim visita Maternidade Bárbara Heliodora e vê aplicados recursos de suas emendas

Política 16/02/2018 15:30

Temer assina decreto e institui intervenção no Rio até 31 de dezembro

Colunistas 16/02/2018 15:27

Um olhar distante

Cultura 16/02/2018 15:21

Desfile dos Blocos acontece neste domingo e será em prol das famílias vítimas da enxurrada

Brasil 16/02/2018 15:19

Delator da Caixa admite propinas e promete devolver R$ 39 mi

SENADOR GUIOMARD 16/02/2018 10:28

Foragido e acusado de praticar assaltos em Senador Guiomard é capturado pela PM

Capital 16/02/2018 10:13

Prefeitura de Rio Branco decreta situação de emergência após forte chuva

Polícia 16/02/2018 09:03

Polícia Militar prende grupo com entorpecentes, munições e colete balístico

Economia 16/02/2018 09:01

Liberação de dinheiro do acordo da poupança será escalonada em 11 lotes