Refrigerantes Quinari mais produtiva
Acreaovivo.com
Tempestades
23°MIN 30°MAX
Rio Branco, AC

Quarta-Feira, 23 de Novembro de 2016 às 08:49

COMUNICAR ERRO

Refrigerantes Quinari mais produtiva

“Uma fábrica de refrigerantes no interior do Acre? Claro que vamos fechar”. Foi esse relato que a diretora administrativa da indústria Refrigerantes Quinari, Cristina Barros Costa Maia, ouviu de um auditor fiscal do Trabalho, que veio do Piauí para fazer uma fiscalização na empresa, que está localizada no município de Senador Guiomard. No entanto, o visitante se surpreendeu com a organização dos processos e acabou se tornando fã do produto. “Claro que sempre temos o que melhorar, mas ele gostou do que viu, e, desde aquele dia, o filho de um deles só toma Quinari”, ela comemora.   

Em virtude de sua boa reputação, a indústria Refrigerantes Quinari, fundada há 10 anos, foi contemplada pelo Sindicato das Indústrias de Produtos Alimentares do Estado do Acre (Sinpal) para participar do programa Brasil Mais Produtivo. O projeto é considerado audacioso, visando a elevar em até 20% sua produtividade. A iniciativa é do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) e Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), com a parceria do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Há aproximadamente um mês e meio, a indústria passa por uma consultoria do SENAI/AC, sob o comando da consultora de tecnologia Francieli Bender, do Instituto SENAI de Tecnologia, que observou a necessidade de automatizar um processo que vinha sendo feito manualmente.  Ao todo, serão três meses de acompanhamento, num total de 120h, entre estudo da situação, apresentação de propostas de melhoria, aplicação e monitoramento dos indicadores. A empresa produz, em média, 38 mil litros por dia. O objetivo é aumentar em 20% o volume de produção das garrafas de 250 ml, que é onde vêm acontecendo os atrasos.

De acordo com Bender, o programa vai intervir para reduzir o tempo de movimentação de trabalho e aumentar o fluxo de produção. “Geralmente, o empresário sabe qual é o problema, mas na correria do dia a dia não tem como parar para pensar, cronometrar o tempo, e não tem como arriscar fazer gastos na empresa sem saber se vai dar certo”, destaca. “Os próprios funcionários me deram várias dicas”, reconhece.

Motivação

Ela explica que são quatro indicadores a serem avaliados ao longo do processo: produtividade (relação do que foi produzido por algum dos recursos gastos ou hora/homem); movimentação (que implica desperdício de tempo); qualidade (percentual de peças refugadas no lote produzido); e o retorno do programa, que é medido no final, para saber em quantos meses ele “se paga”.  “A média de três meses de retorno é considerada boa. O valor do programa é de R$ 18 mil – sendo R$ 15 mil financiados pelo governo federal via parceiros, e R$ 3 mil é de contrapartida das empresas. Porém, no caso do Acre, é o Sinpal que está patrocinando essa contrapartida”, informa a consultora.

“Nunca tivemos esse tipo de consultoria antes, e estamos gostando muito. Quando os resultados aparecerem, então, vai ser melhor ainda. Nós tínhamos algumas ideias de melhoria, pois percebíamos essas dificuldades das paradas nas trocas de tamanhos de garrafas (de 2 litros para 250 ml), mas nunca tivemos uma orientação profissional de como fazer e colocar em prática”, agradece Cristina, que, aproveitando a passagem do projeto Caravana de Desenvolvimento do Sistema FIEAC, pelo município, neste mês, também incentivou os colaboradores a fazerem cursos profissionalizantes. “Isso os tem motivado e estimulado bastante. Sempre que tem cursos do tipo eu ofereço, e eles cobram, é muito bom”.

O programa Brasil Mais Produtivo foi lançado no estado oficialmente no dia 12 de agosto deste ano, juntamente com o Plano Nacional da Cultura Exportadora (PNCE), pelo ministro da Indústria, Marcos Pereira, em solenidade realizada no auditório da FIEAC. A iniciativa prevê o investimento em quatro setores prioritários: alimentos e bebidas; metalmecânico; moveleiro; vestuário e calçados, sendo que o Acre foi contemplado no segmento de alimentos e bebidas. Até o momento, a Refrigerantes Quinari é a única representante do interior. Segundo Cristina Maia, a empresa abastece de Assis Brasil até Manuel Urbano, não alcançando Cruzeiro do Sul apenas por dificuldades de logística.

Tag's: Acre, Fieac, Refrigerantes, Quinari, Senador Guiomard, Indústrias, Empreendedorismo

Fonte: FIEAC


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

PUBLICIDADE
Polícia 23/11/2017 21:48

Tentativa de homicídio causa pânico dentro de supermercado em Rio Branco

Acre 23/11/2017 21:13

Denúncias, lamentos, reivindicações e promessas marcam sessão solene na Aleac

Capital 23/11/2017 15:41

Deputada lança livro sobre ‘como ganhar eleições sem comprar votos’

Eventos 23/11/2017 15:29

Projeto VALILER reúne amantes da literatura na capital

Internacional 23/11/2017 15:13

Familiares de submarinistas recebem aos prantos notícia da explosão

Cultura 23/11/2017 15:06

Escritor lança literatura acreana ‘Sente-se! de Corpo e Alma’

XAPURI 23/11/2017 15:03

Zezinho é preso na Estrada da Borracha tentando levar cocaína para Xapuri

Cultura 23/11/2017 14:08

Programação da Semana do Hip Hop vai até domingo, 26 de novembro

EPITACIOLANDIA 23/11/2017 14:04

Motorista cochila ao volante e quase causa uma tragédia na BR 317

Política 23/11/2017 11:24

Deputado Lourival Marques ressalta primeira Feira de mel de abelha sem ferrão

Internacional 23/11/2017 11:21

Explosão pode explicar desaparecimento de submarino argentino

SENA MADUREIRA 23/11/2017 11:13

Padre Paolino - Vereador quer homenagear padre com feriado municipal

CRUZEIRO DO SUL 23/11/2017 11:06

41 casos de Aids são confirmados em Cruzeiro do Sul

Política 23/11/2017 11:05

Temer sanciona com vetos lei que cria novas regras para facilitar adoção

TARAUACA 23/11/2017 10:50

Dupla é presa com quase 4 kg de maconha prensada em Tarauacá

SENA MADUREIRA 23/11/2017 10:43

Caminhonete roubada em Rio Branco é recuperada em Sena Madureira

BRASILEIA 23/11/2017 10:30

Eleitores de Brasileia e Epitaciolândia que não comparecerem ao recadastramento biométrico terão o título cancelado

Economia 23/11/2017 09:43

Prévia da inflação oficial no acumulado até novembro é a menor desde 1998

FEIJO 23/11/2017 09:01

Deracre realiza manutenções na pista do aeródromo de Feijó

Economia 23/11/2017 08:58

Petrobras anuncia novo reajuste na gasolina; preço sobe 7% em dois dias