Ao menos 57% da população rio-branquense já sofreu algum ato de violência, afirma Fecomércio
Acreaovivo.com
Tempestades
22°MIN 26°MAX
Rio Branco, AC

Quinta-Feira, 09 de Novembro de 2017 às 08:23 - Atualizado em Sexta-Feira, 10 de Novembro de 17 às 12:17

COMUNICAR ERRO

Ao menos 57% da população rio-branquense já sofreu algum ato de violência, afirma Fecomércio

Segundo pesquisa feita pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Acre (Fecomércio/AC), por meio do Instituto Fecomércio de Pesquisas Empresariais do Acre (Ifepac), ao menos 57% da população rio branquense já sofreu algum ato de violência. O estudo foi realizado entre os últimos dias 25 e 31 de outubro junto a 304 pessoas maiores de idade e teve como objetivo traduzir os cenários e perspectivas para a região no que diz respeito aos negócios econômicos do comércio de bens, serviços e turismo.

O levantamento verificou ainda que 28% dos entrevistados se disseram isentas quanto ao registro de violência, mas 15% admitiram ter sofrido ameaça pessoal. Além disso, 43% dos entrevistados teriam, nos últimos tempos, sofrido com perdas de parentes ou pessoas conhecidas por homicídio apenas na capital acreana. Outras 49% reiteraram ter vivido experiências de roubos ou assaltos. A pesquisa destaca ainda 14%, que se abstiveram de responder.

O motivo principal para tamanha onda de violência, de acordo com o 27% dos abordados, seriam problemas relacionados a drogas. Em seguida, 26% apontaram a impunidade como motivo perverso. A ausência de estado também representaria a principal causa de problemas na segurança para 19% dos entrevistados e, para 16%, a falta de educação.

Violência extrema

Segundo o estudo, para 79% da população, a violência na capital acreana verificada nos últimos seis meses é entendida como “absurda”. Outros 19%, porém, admitiram índice “inalterado”, e apenas 2% percebem alguma “redução”. 

Mesmo assim, para 55% da população rio-branquense, a tendência é que os níveis atuais de violência se estendam nos próximos seis meses, outros 43% afirmaram acreditar em mais violência sobre os níveis atuais e apenas 2% apostaram em alguma “diminuição” dno período.

A pesquisa destacou 43% dos abordados que admitiram a “sensação de medo” no que se refere à segurança pessoal e da família. Outros 39% se consideraram “desprotegidos” frente à onda de violência na cidade e 18%, externaram “preocupação” quanto ao aspecto.

Dada a frequência de atos de violências presenciados ou divulgados através da imprensa local, e, com isso, o descrédito sobre o sistema público de segurança tende a aumentar. Assim, para 82% da população, os serviços de segurança pública prestados por órgãos competentes do governo do estado, numa escala de zero a 10, são avaliados com notas abaixo de 5. Para 20% da população, a diminuição da violência depende das forças de governos envolvidas no “combate ao tráfico de drogas”. Outros 19% disseram que a eliminação da “corrupção” é necessária para o combate à violência local, seguida por 11%, que reivindicaram mais policiamento.

 

Tag's: Rio Branco, Pesquisa, Fecomércio, Violência, População

Fonte: Fecomércio/AC


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

PUBLICIDADE
Internacional 16/01/2018 14:52

Papa Francisco é atingido no rosto por jornal em passeio de papamóvel

CRUZEIRO DO SUL 16/01/2018 14:39

Homem é preso com habilitação falsificada em bairro de Cruzeiro do Sul

Economia 16/01/2018 14:31

Aumenta a oferta de emprego na indústria brasileira, diz CNI

Polícia 16/01/2018 14:26

Após atentado, agência deve voltar a funcionar nesta quarta. Polícia continua investigação

FEIJO 16/01/2018 10:59

Policiais civis recuperarem duas motos furtadas em Feijó

Brasil 16/01/2018 10:58

Tremor de terra é registrado no Centro-Oeste de Minas

Polícia 16/01/2018 09:21

Criminosos invadem agência da Caixa Econômica e tentam explodir caixas eletrônicos

MANCIO LIMA 16/01/2018 09:19

Polícia Militar prende homem com arma de fogo em Mâncio Lima

Esportes 16/01/2018 08:58

Ronaldo Fenômeno pode disputar a presidência da CBF

Capital 16/01/2018 08:49

Prefeitura tem equipe reforçada e avança com serviço de tapa buracos

CRUZEIRO DO SUL 16/01/2018 08:47

Prédio está há mais de um ano esperando por inauguração, denuncia líder comunitário

Economia 16/01/2018 08:45

Petrobras bate recorde de produção, com 2,15 milhões de barris por dia

FEIJO 16/01/2018 08:28

Indígena é morta com facada na região do pescoço em Feijó

Capital 16/01/2018 08:10

Sine disponibiliza 12 vagas para Rio Branco nesta terça-feira, 16

Geral 16/01/2018 08:06

NOVELAS - Veja o que vai acontecer nesta terça-feira

Educação 15/01/2018 16:32

Ufac sedia Encontro Nacional de Ensino de Química

Educação 15/01/2018 16:05

Inscrições para o ProUni começam dia 6 de fevereiro

CRUZEIRO DO SUL 15/01/2018 16:02

Eletrobrás anuncia que energia está 100% restabelecida em Cruzeiro do Sul e municípios vizinhos

ACRELANDIA 15/01/2018 14:46

Réu preso em flagrante com 250 kg de pólvora é condenado a mais de quatro anos de reclusão

Polícia 15/01/2018 14:39

Governo anuncia troca de comando da Polícia Militar do Acre