Paulo Gonçalves da equipe Honda é campeão do Baja Inka - Acreaovivo.com - TELEFONE: (68) 3224-8430 O campeão declarou que intenção pricipal era reconhecer o terreno, já que não andava nessas dunas desde 2013, último ano do Dakar no Peru. Em janeiro será muito pior, com temperaturas elevadas do verão e a areia ainda mais solta.

Paulo Gonçalves da equipe Honda é campeão do Baja Inka

Segunda-Feira, 18 de Setembro de 2017 às 23:05 - Atualizado em Terça-Feira, 19 de Setembro de 17 às 0:35
COMUNICAR ERRO

Paracas (Peru) – Com grande sucesso terminou o rally Baja Inka Mitsubishi Motors Paracas 1000, consagrando os campeões de todas as categorias depois de mais de mil quilômetros percorridos em quatro etapas, exigindo de todos o máximo no desafio dessa prova sul-americana. Paulo Gonçalves (motos), Nicolás Cavigliasso (quadricíclos), Rodrigo Gutiérrez (autos T1.1), Jimmy Huidobro (autos T1.2) e Juan Carlos Uribe (UTV’s) levaram o troféu Inca para casa.

Apesar de não ter vencido nenhuma das etapas, a experiência do português Paulo Gonçalves, na categoria motos e piloto da Monster Energy Honda Team, falou mais alto e foi o mais regular nos quatro dias de competição, acumulando 9h54m43s e o título geral da prova. O pódio dessa categoria foi completado pelo rival da escuderia Yamalube Official Rally Team, com o francês Adrien Van Bevere  no segundo posto e o seu companheiro de equipe o argentino Kevin Benavides em terceiro, quem também foi um dos mais regulares em todo o rally.

Ao Acreaovivo.com, Gonçalves declarou sua alegria de ter vencido o rally Baja Inka, cujo objetivo principal foi a preparação para o Dakar 2018: “Viemos para reconhecer o terreno, já que não andava nessas dunas desde 2013, último ano do Dakar no Peru. Em janeiro será muito pior, com temperaturas elevadas do verão e a areia ainda mais solta. Agora é continuar a preparação correndo o rally de Marrocos na primeira semana de outubro e intensificar os treinos físicos”, disse o campeão.

 

A surpresa na categoria quadricíclo foi o argentino Nicolás Cavigliasso com tempo geral de 12h7m52s, sendo o melhor de sua divisão numa grande demonstração de pilotagem e futuro no mundo do cross country. O jovem compatriota Nicolás Gagliardi, 19 anos, levou o segundo lugar, enquanto o peruano Ignacio Flores ficou na terceira posição.

O boliviano Rodrigo Gutiérrez foi a revelação na categoria autos T1.1 com o tempo de 21h25m12s, brigando desde o inicio pela vitória e superando Diego Weber que finalmente ficou com o segundo posto, depois de ter sofrido defeitos mecânicos durante a penúltima etapa de corrida. O destacado piloto argentino Emiliano Spataro, da Renault Duster Dakar Team, ocupou a terceira colocação, tendo recuperado posições nos dois últimos dias, depois de ter quebrado na terceira etapa.

Para Jimmy Huidobro, com tempo de 41h16m44s na categoria autos T1.2, este primeiro título na sua primeira participação nesse desafio sul-americano foi um grande premio em razão da constância desde o ano passado, o que levou a conquistar o premio de participar do próximo Rally Dakar 2018 com um “wild card”, ou seja uma inscrição gratuita oferecida pelo Touring Club do Peru. O piloto superou Miguel Álvarez na categoria.

Na categoria UTV, sem dúvida o destaque foi para a dupla de Ica, região onde se desenvolveu a prova, formada pelos irmãos Juan Carlos Uribe e Javier Uribe que concluíram as quatro especiais com 12h25m38s. Fernando de Olazábal foi o segundo e Hernán Garcés em terceiro completaram o pódium dessa divisão. Os irmãos Uribes levaram o premio Dakar Challenge, com a inscrição gratuita ao Dakar 2018, no valor de 25000 euros outorgada pela ASO, organizadora do rally mais difícil do mundo.

Campeonatos regionais

Os títulos outorgados pela FIM Latino América para a etapa única do Campeonato Latinoamericano de Rally Todo Terreno FIM 2017 ficaram para Kevin Benavides (motos) e Nicolás Cavigliasso (quadris), dois grandes pilotos argentinos que se impuseram entre os melhores do continente.

Já nos autos, a quinta etapa do Campeonato CODASUR de Cross Country 2017 foi conquistada pelo piloto boliviano Rodrigo Gutiérrez (autos T1.1) que se prepara para o Rally Dakar 2018.

Veja a classificação geral:

Categoria Motocicletas:

 

Categoria Quadricíclos:

 

Categorias Autos e UTVs:

 

Saiba mais sobre Baja Inka:

Rally Baja Inka inicia com grandes nomes do off-road em Paracas, Peru

Franco Caimi, com Yamaha, vence 1ª etapa de motos do Rally Baja Inka

Van Beveren vence a 2ª etapa do Rally Baja Inka e assume a liderança geral da competição

Benavides e Cavigliasso triunfam na 3ª etapa Baja Inka

Acidente com piloto Felipe Rios tira peruano do Baja Inka

---

Texto e fotos: Cassiano Marques de Oliveira. Advogado, empresário e motociclista há alguns bons anos e quilômetros, tendo participado de dois Rallys dos Sertões, organizador de seis Rallys Bolpebra e participa do Baja Inka a convite dos organizadores do evento.  

Tag's: Rally, Baja Inka, Motos, Quadri, UTV, Dakar, Peru, Yamaha, Honda, KTM, Gas Gas

Fonte: Acreaovivo.com | Texto e fotos: Cassiano Marques com informações da assessoria do evento

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE